23 de outubro de 2013

À beira do caminho tinha um gambá





"Marsupial muito comum no Brasil, o gambá possui hábitos noturnos, alimenta-se de frutos e pequenos animais. Muito comum na mata atlântica, ele se adapta facilmente às áreas urbanas e pode ser visto em ruas ou sobre árvores. Como forma de defesa, sempre que se sente ameaçado, o gambá pode se fingir de morto e exalar um forte odor. É inofensivo ao homem, porém, por falta de informação, muitas vezes é confundido com ratazanas ou é tido como uma espécie ameaçadora, sendo morto de forma cruel." Fonte: UOL Educação

...

Enquanto eu caminhava hoje de manhã, notei um movimento vindo chão, no meio das árvores. Pensei que fosse um Sabiá que agora na Primavera vê-se para todo lado na cidade.
Não era. Era um gambá!
Bonitinho.
Igualzinho ao da foto aí em cima.

Ele olhou para mim, eu olhei para ele e cada um seguiu seu caminho.
Eu segui sorrindo (ele, eu não sei...).

...

Em casa descobri que era um gambá-de-orelha-preta ou saruê.
Aqui várias fotos de um um saruê filhote sendo cuidado por quem o resgatou: babá de saruê.
Fofura! :o)