3 de maio de 2014

Criações ao vento também na cozinha



Já falei um pouco aqui sobre como é meu estilo na cozinha: meio intuitivo e experimental.
Em geral gosto de pratos rápidos e práticos, com ingredientes que alimentam o corpo e empolgam o paladar. Sou fã dos pratos únicos. Não sou muito de consultar receitas, mas gosto de passear de vez em quando por blogs culinários para me inspirar.

Meu negócio é pegar o conceito da receita e usar o que tenho à mão sem medidas muito exatas, por isso vou tentar ser o mais precisa possível ao dar esta receita.
Não me lembro bem como ela surgiu, mas nela juntei vários ingredientes que gostamos aqui em casa e o resultado agradou a todos.
A maior proeza deste prato é agradar inclusive ao mais carnívoro dos maridos (o meu!). Este penne com shimeji tem o poder de saciar este homem que não fica sem carne. Talvez outros carnívoros reajam da mesma forma.

Feita a introdução, vamos à receita!  ;o)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Penne com shimeji

Ingredientes
400 grs de penne (uso o grano duro)
2 bandejinhas de shimeji branco
1 punhado generoso de agrião
½ xícara de azeitonas pretas*
½ xícara de azeite
400 grs de tomatinhos*

*já utilizei diversos tipos de azeitona: portuguesa, azapa, nevadilha... também já usei o tomate cereja e o sweet grape...  cada qualidade de azeitona ou de tomatinho tem um sabor bem característico, nós gostamos de todas as misturas até agora. Sugestão: vá testando de acordo com o seu paladar – ou com o ingrediente que estiver mais a mão.


Modo de fazer
Numa panela grande coloque a água da massa para ferver.
Enquanto esta água aquece e o macarrão cozinha, dá tempo suficiente de preparar o “molho” -- assim tudo ao mesmo tempo, no final é só sentar e nham!

Lave o shimeji em água corrente e tire o miolinho mais duro do”ramo” de cogumelos. Separe um pouco os raminhos cortando-os com a faca. Coloque tudo numa frigideira anti-aderente com tampa. Cozinhe o shimeji sem nada (não é necessário acrescentar nem água, nem azeite, nem manteiga. Na-da). Basta uns 5 minutos na frigideira e ele solta uma aguinha. Quando espetar o garfo e estiver macio está pronto, é rapidinho.
Dica: não deixe a água secar porque ela é super saborosa e cai bem com o penne. Salgue a gosto após desligar o fogo.
Reserve.

Pique bem miudinho uma boa quantidade de agrião (já lavado). Pode exagerar porque ele vai reduzir bastante de volume depois de picado além de murchar com o calor da massa.

Descaroce as azeitonas e pique-as como o agrião. Vai virar uma pasta de azeitona.

Junte: o agrião, a azeitona e o azeite. Misture bem.  (Essa parte da receita tem o mesmo conceito do pesto. Talvez dê certo juntar tudo no liquidificador, nunca tentei. Prefiro picar tudo na faca como boa filha de italiano que gosta de cozinhar.)

Lave os tomatinhos, escorra-os e corte-os ao meio.
Reserve.

Tá de olho na água? Ferveu? Acrescente sal a gosto e coloque a massa para cozinhar.
Fique de olho no ponto de sua preferência (aqui deixamos al dente). Escorra a massa assim estiver pronta e coloque-a de volta na panela quente (assim você aproveita o calor). Fogo desligado.

Agora começa a farra: junte o shimeji e o pesto de agrião e azeitona. Misture bem.


Sirva numa tigela para que cada um se sirva ou monte os pratos individuais. 
Após colocar o penne nos pratos, por cima coloque os tomatinhos. Desta forma eles não vão murchar com o calor.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Dicas finais:
  • Aqui em São Paulo, o Shimeji branco e todos os outros tipos de cogumelos frescos são ótimos de comprar em empórios japoneses. Normalmente são frescos e bem mais baratos que os de mercados e hortifrutis.
  • Este prato também pode ser consumido frio ou à temperatura ambiente nos dias mais quentes.
É isso! 
Bom apetite! :o)