25 de novembro de 2013

Sinusite ao Porto


O clima vai e vem. Esquenta, esfria. Esfria, esquenta. Derrete, venta, faz sol, fica nublado. Criança tosse, eu “sinusito”.

Para tratar a danada da sinusite alterno entre inalações quentes e frias, florais, antroposofia, argila, cataplasmas de fubá, chás... Varia de acordo com a gravidade da congestão e com a minha disposição.
Em meio a estes meus tratamentos alternativos habituais, acrescento mais um, de autoria própria: Vinho do Porto!!! (hohohoho!)
Sei lá porque, quando estou em crise com a sinusite me dá uma vontade danada de tomar vinho do Porto.
Umas duas tacinhas me deixam ótima. :oD
Não é indicação de ninguém, é um pedido do meu próprio organismo -- e eu obedeço o meu corpo. Ainda mais quando o pedido é bom assim.

Para quem quiser tentar eu recomendo.
Mal não faz. ;o)