26 de abril de 2013

Gratitude post



Enquanto preparo o café da manhã.
Enquanto lavo a louça ou cozinho.
Enquanto espero pelos filhotes nas aulas de natação ou nos cursos extra-escola.
Enquanto dirijo ou caminho.
Enquanto a vida acontece, eu ouço.

Ouço pessoas que me fazem sentir bem, me fazem olhar o mundo de múltiplas maneiras. Me ajudam a iluminar meu lado escuro sem (tanto) receio e enxergá-lo de frente para clarear meu lado iluminado.

Pessoas amalucadas, divertidas, calmas, sábias, interessantes, criativas, produtivas. Pessoas sendo elas mesmas e mostrando com seu modo de viver que quanto mais somos nós mesmos melhor estaremos – chavão que é a pura verdade.

Pessoas que me ensinam a ser mais confiante, intuitiva e feliz.
E o melhor: pessoas que me fazem ver que eu tenho tantas possibilidades quanto elas (e você, e você...). São pessoas como eu!

A essas pessoas dedico este post, com imensa gratidão:


PS: e por elas ouso escrever em inglês logo abaixo.  ;o)

...

While I prepare every morning breakfast.
While I wash the dishes or cook.
While I wait for my kids at their extra school courses.
While I drive or walk.
While the life happens, I listen.

I listen to those people that make me feel good, make me look to the world in so multiple ways.  They help me to light my dark side without (so much) fear and to embrace it to lighten up my shiny side.

They are beautifully crazy, funny, calm, wise, interesting, creative and productive.
People being themselves and showing with their own way to live that the more we are ourselves, the better we´ll be – a so true cliche.

People that teach me to be more confident, intuitive and happy.
And more: they make me see that I´m full of possibities, just like them. They are people just like me! (and you, and you…).

To them I dedicate this gratitude post:

PS: and for them I dare write in English here. ;o)