7 de dezembro de 2011

Pequenas coisas

Costumo prestar atenção em coisas pequenas. Gosto de ver de perto.
Em vários contextos, os detalhes me atraem.
Diversas vezes são “coisinhas” que me ajudam a tomar decisões importantes. São “coisinhas” que me fazem gostar ou não de algo. Escolher ou não, aceitar ou não.
Prestar atenção em pequenas coisas é uma das ferramentas da minha intuição. Uma antena interna que capta detalhes e me ajuda na percepção do todo.
As pequenas coisas estão por detrás daquilo que sinto sem nem saber bem porque.

***


Algumas vezes, porém, as pequenas coisas servem “só” para eu achar o mundo mais bonito.
Os matinhos, são um exemplo dessa minúscula boniteza.
Sabe aquelas plantinhas que crescem em qualquer canto?
Aparecem em frestas de cimento, rachaduras de asfalto, invadem gramados, canteiros, vasos. Normalmente são tratadas como praga e são arrancadas.
Num contexto maior realmente podem não ter um papel muito bonito, mas quando olhadas de pertinho... Que coisa mais linda!